Página Inicial > Notícias > Autarca de...fronteira

Autarca de Viana do Castelo defende turismo como alavanca do desenvolvimento do interior e zonas de fronteira

05 Julho 2019

O Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo e Presidente da Rede Ibérica de Entidades Transfronteiriças (RIET) defendeu que o turismo poderá ser uma alavanca do desenvolvimento e da fixação de pessoas no interior e nas zonas de fronteiras. José Maria Costa, que falava na sessão de abertura do “Fórum Empresarial Turismo Fronte(i)ra”, que acontece em Trancoso, defendeu a apresentação, por parte das entidades nacionais, de um Plano Integrado para o Turismo nas Zonas de Fronteira, dando como exemplo os bons resultados obtidos no setor do turismo entre o Alto Minho e a vizinha Galiza.


O estudo que a RIET desenvolveu para o turismo de fronteira identificou claramente este setor económico como um setor de enorme potencial, atendendo a que nas zonas de fronteira se encontram os espaços naturais de maior valor ambiental, bem como um conjunto de património edificado de grande relevância, nomeadamente castelos e fortes que delimitam as fronteiras entre Portugal e Espanha.


Sendo o turismo um setor económico que vive também dos produtos regionais, da gastronomia e dos vinhos das regiões, poderá ser também este um fator importante para o desenvolvimento destas atividades complementares às atividades do turismo da natureza, turismo de espaço rural e turismo de património.


O Presidente da RIET e da autarquia de Viana do Castelo defendeu ainda que, no próximo quadro comunitário de apoio, deveriam de haver linhas específicas de financiamento para apoiar projetos de investimento do turismo do interior e turismo de fronteira.