Página Inicial > Notícias > Assinatura...cidadãos”

Assinatura de Contrato de Gestão do Sistema de Águas do Alto Minho representa início de parceria que quer “fazer mais e melhor pelos cidadãos”

23 Julho 2019

O Ministro do Ambiente e da Transição Energética, João Pedro Matos Fernandes, marcou presença, esta segunda-feira, na cerimónia de Assinatura de Contrato de Gestão do Sistema de Águas do Alto Minho, que decorreu na Biblioteca Municipal de Viana do Castelo. O Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, José Maria Costa, garantiu que este foi “um dia feliz” por marcar “o início de um processo de cooperação interinstitucional”, reforçando que “juntos, podemos fazer mais e melhor pelos nossos cidadãos”.


O edil vianense referiu que, com a nova empresa Águas do Alto Minho, os 7 municípios poderão realizar mais intervenções que vão permitir alargar o melhorar os indicadores de abastecimento de águas e de águas residuais. “Cada um dá aquilo que tem e juntos somos mais fortes”, referiu José Maria Costa, assumindo que a nova empresa poderá ainda incluir os três municípios do Alto Minho que não aderiram.


“Esta é uma verdadeira comunidade de trabalho. Estou certo que estamos agora a começar a escrever um novo capítulo de um livro que será de grande sucesso”, frisou.


Também o Ministro do Ambiente indicou que este novo sistema vai permitir aumentar em muito o investimento previsto para os municípios, realçando que estão previstos investimentos na ordem dos 270 milhões de euros para os 30 anos da concessão.


Os sistemas de águas dos municípios de Arcos de Valdevez, Caminha, Paredes de Coura, Ponte de Lima, Valença, Viana do Castelo, Vila Nova de Cerveira passam a ser assim geridos pela Águas do Alto Minho, uma empresa constituída pelo Grupo Águas de Portugal e as setes autarquias.


O Presidente do Grupo Águas de Portugal, João Nuno Mendes, referiu que a empresa Águas do Alto Minho vai estar ao serviço de 240 mil habitantes, assegurando o serviço de 5.500 quilómetros de redes, corresponde 3.700 quilómetros a redes de Abastecimento de Água e 1.600 quilómetros a redes de Águas Residuais.


Através da nova empresa serão criadas novas lojas de atendimento em todos os municípios, será promovido um Serviço Central de Atendimento aos Clientes através de um balcão virtual e criado um Sistema de faturação unificado.


Como principais objetivos, a Águas do Alto Minho apresenta a redução de 1/3 das atuais perdas de água e a absorção de mais fundos comunitários, tendo já sido apresentadas 23 candidaturas e aprovadas 2.