Página Inicial > Notícias > Aprovadas...águas residual

Aprovadas candidaturas para redes de abastecimento de água e drenagem de águas residual

26 Novembro 2010

Acabam de ser aprovadas candidaturas ao ON 2 – O Novo Norte para quatro acções de ampliação de redes de abastecimento de água e drenagem de águas residuais em várias freguesias do concelho de Viana do Castelo. Trata-se da segunda fase de candidatura e está orçada em cerca de um milhão de euros para empreitadas nas freguesias de Vila Franca, Perre e Barroselas.

A intenção é reforçar os níveis de atendimento dos serviços de abastecimento de água e de saneamento de águas residuais, estando em causa infra-estruturas em Vila Franca (Rua Padre Quesado, Caminho do Passadiço e Atranco), ampliação da rede de águas residuais e abastecimento de água em Perre (Bacia do Lugar de Vieito), ampliação da rede de águas residuais em Barroselas (Rua das Neves e Rua dos Regos) e a execução de infra-estruturas de Vila franca (Caminho Cónego Barbosa de Almeida e caminhos adjacentes).

A candidatura foi aprovada com um investimento global de cerca de um milhão de euros, co-financiada em oitenta por cento por fundos comunitários. Esta é a segunda fase de uma candidatura já que, no terreno, estão três empreitadas de ampliação das redes de abastecimento de água e águas residuais em Neves-Barroselas, Perre e Vila Franca, orçadas em cerca de 1.5 milhões de euros.

Recorde-se que esta empreitada foi candidatada ao “Ciclo Urbano da Água”, que é comparticipado em oitenta por cento pelo FEDER através da Comunidade Intermunicipal Minho Lima e tem como objectivo melhorar a qualidade de vida das populações e promover a melhoria de um conjunto de parâmetros e indicadores de performance ambiental da NUT III Minho-Lima.

O domínio Ciclo Urbano da Água visa, nomeadamente, promover a melhoria dos níveis de atendimento, de qualidade, dotando o território de infra-estruturas e serviços ambientais e de saneamento básico capazes de atingir um nível de atendimento, de qualidade e proximidade aceitáveis, bem como promover um desenvolvimento sustentável e a qualidade de vida da população estabelece como meta atingir 95% da população de água e 90% com saneamento de águas residuais.

 

 

Viana do Castelo, 26 de Novembro de 2010      

                                 Gabinete de Imprensa

Câmara Municipal de Viana do Castelo