Página Inicial > Notícias > Aprovada...do Castelo

Aprovada candidatura para sete novas empreitadas de água e saneamento em Viana do Castelo

19 Outubro 2010

servioswebAcaba de ser aprovada a candidatura que irá permitir à Câmara Municipal de Viana do Castelo investir mais de 1.4 milhões de euros em sete empreitadas de água e saneamento no concelho. Trata se de uma candidatura ao EIXO III / Ciclo Urbano da Água para redes de águas residuais e abastecimento de água para várias ruas da cidade mas também para diversas freguesias do concelho.

Em causa estão a ampliação da rede de abastecimento de água em Santa Maria de Geraz do Lima na zona alta e baixa de Vila Franca; a construção das redes de águas residuais e abastecimento da Rua José Espregueira; a ampliação da rede de água residuais da Costa em Perre; a ampliação da rede de distribuição de água e rede de águas residuais de Vila nova de Anha, Chafé, Neiva e Mujães; a ampliação da rede de águas residuais de Santa Marta com a ligação a Samonde e Petigueiras; a ampliação da rede de águas residuais e abastecimento de água de Barroselas (Rua da Fonte da Devesa) e rede de águas pluviais de Santa Maria Maior (Avenida Rocha Páris); e a ampliação da rede de águas do Lugar do Monte em S. Romão de Neiva.

De recordar que, no terreno, estão já três empreitadas de ampliação das redes de abastecimento de água e águas residuais em Neves-Barroselas, Perre e Vila Franca. Ao todo, são cerca de 1.5 milhões de euros que a autarquia está a investir para melhorar a qualidade dos serviços nestas freguesias até ao final do Verão de 2011. Recorde-se que esta empreitada também foi candidatada ao “Ciclo Urbano da Água”, que é comparticipado em oitenta por cento pelo FEDER através da Comunidade Intermunicipal Minho Lima e tem como objectivo melhorar a qualidade de vida das populações e promover a melhoria de um conjunto de parâmetros e indicadores de performance ambiental da NUT III Minho-Lima.

O domínio Ciclo Urbano da Água visa, nomeadamente, promover a melhoria dos níveis de atendimento, de qualidade, dotando o território de infra-estruturas e serviços ambientais e de saneamento básico capazes de atingir um nível de atendimento, de qualidade e proximidade aceitáveis, bem como promover um desenvolvimento sustentável e a qualidade de vida da população estabelece como meta atingir 95% da população de água e 90% com saneamento de águas residuais.

 

Viana do Castelo, 19 de Outubro de 2010      

                                 Gabinete de Imprensa

Câmara Municipal de Viana do Castelo