Página Inicial > Notícias > Antigos Paços...Alfredo Cunha

Antigos Paços do Concelho acolhem exposição fotográfica “VIANA” de Alfredo Cunha

07 Julho 2020

Este sábado, às 12h00, inaugura no rés-do-chão dos Antigos Paços do Concelho a exposição fotográfica “VIANA”, da autoria do conceituado fotojornalista Alfredo Cunha. O fotógrafo, autor das imagens da segunda edição da revista ‘premium’ “Viana”, apresenta assim publicamente o trabalho que desenvolveu na cidade e no concelho vianense. A exposição estará patente ao público até final de julho, de segunda-feira a domingo, das 10h00 às 18h00.


Recorde-se que a Câmara Municipal lançou recentemente a segunda “Revista Viana”, redigida em português e inglês, naquele que é um convite para voltar a Viana do Castelo, dando a conhecer “autênticos tesouros fora das rotas turísticas que animam a cidade e o concelho, para o convidar a descobrir, a saborear e conhecer”.


“Sob a objetiva atenta do conceituado fotógrafo Alfredo Cunha e com textos plenos de experiência, conheça locais como a Serra d’Arga ou fique a saber a história e as ‘estórias’ da nossa Ponte Eiffel, saia do centro da cidade e veja o nosso Farol de Montedor, fique hospedado num alojamento diferente e vá comer nas nossas tabernas, onde o peixe fresco e a simpatia do atendimento são cartão de visita”, desafia o autarca, José Maria Costa, nesta nova edição.


Nascido em 1953, em Celorico da Beira, neto e filho de fotógrafos, Alfredo Cunha foi cedo influenciado pelo pai António, que o levava para trabalhos exteriores de fotografia, ainda na infância. Reconhecido pela crítica como um dos maiores fotojornalistas da atualidade, foi distinguido com prémios nacionais e internacionais, entre as quais a Comenda do Infante D. Henrique, em 1995. Parte da sua coleção encontra-se no Centro Português de Fotografia do Porto e no Arquivo Fotográfico Municipal de Lisboa, de que é o maior doador.


Alfredo Cunha iniciou em 1970 a sua carreira profissional em fotografia publicitária e comercial e, no ano seguinte, em 1971, a carreira de fotojornalista no Notícias da Amadora. Trabalhou para o jornal O Século e para a revista O Século Ilustrado, na Agência de Notícias Portuguesa - ANOP, nas agências de Notícias de Portugal e Lusa. Adicionalmente, trabalhou no jornal Público como fotógrafo e editor, entre 1989 e 1997, na revista semanal Focus, na RTP, no Jornal de Notícias e na Global Imagens. Ao longo da carreira, publicou diversos livros de fotografia.