Página Inicial > Notícias > 33 funcionários...Foral Afonsino

33 funcionários municipais e dos serviços municipalizados homenageados pela Câmara Municipal nos 762 anos do Foral Afonsino

19 Junho 2020

No dia em que se assinalaram os 762 anos do Foral Afonsino, a Câmara Municipal de Viana do Castelo prestou homenagem a 33 funcionários municipais e dos serviços municipalizados que contam com 40 ou mais anos de serviço. O momento de reconhecimento público dos trabalhadores incluiu a atribuição da medalha de “Bons Serviços e Dedicação” pelo contributo para a dignificação da função pública e elevação do serviço municipal.


A proposta, que fora apresentada pelo Vereador dos Recursos Humanos, Ricardo Rego, visou destacar o esforço levado a cabo pelos funcionários e pelas estruturas municipais ao longo das décadas, principalmente em contexto de combate à pandemia por COVID-19.


Na cerimónia, o Presidente da Câmara Municipal, José Maria Costa, indicou que “neste tempo de pandemia em que todos fomos convocados a ser mais solidários, em que os funcionários públicos deram uma resposta presente na primeira linha, na saúde, na manutenção da ordem, na garantia das funções básicas, da manutenção das funções socias e do funcionamento da cidade, é com elevada honra que o executivo municipal atribui as medalhas aos funcionários municipais, da Câmara Municipal e dos Serviços Municipalizados, com quarenta anos de serviço público”.


“Neste quadro excecional de pandemia, a Administração Pública Local e os seus trabalhadores assumiram um papel fundamental no funcionamento da nossa cidade. Não podemos deixar de salientar publicamente a dedicação, profissionalismo e espírito de sacrifício de todos. Tal como há 762 anos, hoje os Municípios e a Administração Pública Local continuam a desempenhar um papel relevante de promotores do desenvolvimento”, declarou o autarca.


José Maria Costa agradeceu também aos 52 voluntários municipais dirigentes, técnicos e funcionários que responderam ao repto lançado e apoiaram de diversas formas a comunidade, a cidade e o concelho durante a pandemia.


Na abertura da cerimónia, o funcionário municipal António Cruz, atual comandante da Companhia de Bombeiros Sapadores de Viana do Castelo, recebeu um louvor atribuído pelo Comandante Nacional da Emergência e Proteção Civil “pelas excelentes qualidades ao serviço dos bombeiros de Portugal, há cerca de 40 anos”.


A distinção foi proposta pelo primeiro Comandante Operacional Distrital (CODIS) de Viana do Castelo, Marco Domingues, que leu a declaração de louvor, na qual José Manuel Duarte da Costa, comandante operacional nacional da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), destacou o “rigor e competência” de António José da Cruz.


Foi a 18 de junho de 1258 que o Rei D. Afonso III atribuiu o Foral, criando a vila e instituindo o Município de Viana. Com a outorga do foral foi constituído o estatuto jurídico, administrativo e fiscal do Município e, consequentemente, surgiram os primeiros funcionários municipais.