Página Inicial > Notícias > 18º. Aniversário...memória”

18º. Aniversário do regresso do Gil Eannes a Viana do Castelo com Documentário “Nos mares da memória”

29 Janeiro 2016

O documentário “Nos mares da memória”, com realização de Rui Bela e guião de Senos da Fonseca sobre a história da pesca de bacalhau, vai ser apresentado no próximo domingo (31 de janeiro), pelas 21 horas, no Teatro Municipal Sá de Miranda. A apresentação integra as comemorações do 18.º aniversário do regresso do Gil Eannes a Viana do Castelo, hoje transformado em museu com mais de 707 mil visitas desde a sua abertura.
“Nos Mares da Memória” contou com a colaboração de especialistas da “saga dos bacalhaus”, nomeadamente, Senos da Fonseca, Valdemar Aveiro, António Marques da Silva, Vitorino Ramalheira e João David Marques, todos com obra publicada neste âmbito e ainda, a parceria da Fundação Gil Eannes e da Câmara Municipal de Viana do Castelo, que reconheceram neste trabalho a importância destacada pelos Vianenses que marcaram a história dos grandes navegadores e da pesca do bacalhau.
De lembrar que o navio Gil Eannes foi construído em Viana do Castelo nos Estaleiros Navais de Viana do Castelo e iniciou a sua atividade como hospital em 1955, apoiando durante décadas, a frota bacalhoeira portuguesa que atuava nos bancos da Terra Nova e Gronelândia. Desativada a frota bacalhoeira, ficou a apodrecer nas docas de Lisboa, durante muitos anos. Em 1998, a Fundação Gil Eannes, considerando-o património cultural e afetivo da cidade, resgatou-o da sucata por cerca de 250 mil euros, após uma inédita campanha que envolveu todos os estratos sociais vianenses.
Em 31 de Janeiro de 1998, foi recebido festivamente na Foz do Lima, onde, depois de limpo e restaurado, foi aberto ao público, assumindo-se como pólo de atratividade para Viana do Castelo.

Gabinete de Imprensa
Câmara Municipal de Viana do Castelo