Página Inicial > Áreas de Ação > Ambiente > Litoral > Monumentos...do Castelo

Monumentos Naturais Locais de Viana do Castelo

1ª fase - Classificação de Cinco Monumentos Naturais Locais

Na sequência do inventário de geossítios do Litoral Norte foi identificado um notável património que permite compreender vários aspetos da evolução geológica do território do Concelho de Viana do Castelo.
Os trabalhos realizados mostraram que o território é dotado de elevada geodiversidade preservando elementos de elevado interesse em vários temas da geologia, nomeadamente geoformas residuais, graníticas, tectónicas, fluviais, eólicas e geoculturais.
A rotina de inventariação permitiu a identificação inicial de 17 geossítios no concelho de Viana do Castelo tendo sido selecionados, após uma avaliação quantitativa, 5 geossítios de excecionalidade científica dos valores geológicos presentes que são agora propostos para classificação como monumentos naturais locais ao abrigo do disposto no Decreto-Lei 142/2008 - regime jurídico da conservação da natureza e da biodiversidade (publicado no Diário da República n.º 142, Série I, em 24 de julho).
Os sítios objeto da presente proposta de classificação localizam-se predominantemente na faixa litoral do concelho nos locais designados, a Norte como Alcantilado de Montedor, Pedras Ruivas e Canto Marinho, a sul a Ribeira de Anha, existindo ainda uma área no estuário do rio Lima, entre as pontes Eiffel e da A28, designada como Ínsuas do Lima.

Aviso nº 4658/2016 - Publicado no D.R., 2ª série, nº 67 de 6 de abril de 2016
Certidão de aprovação da Assembleia Municipal e Câmara Municipal
Limites
Memória descritiva
Catálogo interpretativo

2ª fase - Classificação de Oito Monumentos Naturais Locais

No âmbito da estratégia municipal para a geoconservação em curso, pilar fundamental para o desenvolvimento do Geoparque Litoral de Viana do Castelo, procedeu-se à 2ª e penúltima etapa do inventário de património geológico do concelho de Viana do Castelo.
Foram identificadas várias áreas com potencial de uso turístico e educativo - sítios da geodiversidade - e oito áreas cuja avaliação do valor científico relevou relevância regional a nacional - geossítios.
Os geossítios visados na presente proposta de classificação localizam-se predominantemente nas plataformas graníticas do interior do concelho adjacentes à Serra de Arga e à serra de Santa Luzia ou correspondem a setores de pequenas bacias hidrográficas nas freguesias de Amonde, Freixieiro de Soutelo e Areosa, de acordo com a setorização em unidades e subunidades geomorfológicas do geoparque, no Setor 1 – plataforma litoral e Setor 2 - relevo marginal.
Os sítios objeto da presente proposta de classificação estão designados como Monumentos Naturais Locais dos Pavimentos Graníticos da Gatenha, das Cascatas do Poço Negro, das Cascatas da Ferida Má, do Penedo Furado do Monte da Meadela, do Planalto Granítico das Chãs de Sta. Luzia, das Turfeiras das Chãs de Arga, das Cristas Quartzíticas do Campo Mineiro de Folgadoiro -Verdes e das Dunas Trepadoras do Faro de Anha.

Aviso nº 1212/2018 - Publicado no D.R., 2.ª série, nº 18 de 25 de janeiro de 2018
Certidão de aprovação da Assembleia Municipal e Câmara Municipal
Limites
Memória descritiva