Página Inicial > Atividades...Enoturísticas

Atividades Enoturísticas

No concelho de Viana do Castelo é possível desfrutar de experiências de Enoturismo nas quintas abaixo indicadas. Nas mesmas, os visitantes têm a oportunidade de conhecer as suas vinhas e adegas, incluindo ainda a visita, a degustação de vinhos.
Uma oportunidade para conhecer e aprender mais sobre os frescos e frutados Vinhos Verdes de Viana do Castelo.
Para marcação e mais informações, contactar diretamente cada quinta.

Casa da Reina - Casa de Campo

A Casa da Reina, uma típica casa rural do Minho, teve o seu rejuvenescimento totalmente orientado pela Família Lima, proprietária desde a sua construção em 1744, mantendo e respeitando a traça e os materiais característicos desta região, enriquecida agora por um toque subtil e confortável de acordo com as exigências próprias da actividade a que se destina.
É gerida por um casal de Eng. Agrónomos, Cristiano e Cecília, que vivem na propriedade juntamente com o seu filho. É uma propriedade com cerca de 10000 m2 totalmente murada. Destes, 0,7ha estão ocupados por vinha, principal produção da casa, convertida em Modo de Produção Biológico em 2006 e pelos animais que circulam livremente na mesma. Loureiro, Trajadura, Pedernã e Alvarinho são as castas que dão origem ao vinho da casa, um VQPRD "Casa da Reina", fresco e frutado como o ambiente que ai se respira. A área total de produção vitícola é de 4,5ha e todas em terrenos da Familia. 
Situada a 8 kms de Viana do Castelo, a 3 kms da Praia da Amorosa, a 25 km de Ponte de Lima e de Caminha e a 40 minutos do Porto e da fronteira de Espanha a Casa da Reina tem todas as condições para acolher todos aqueles que procuram descansar, relaxar do dia a dia e que procuram um pouco de paz e sossego no campo ou então descobrir o que o Minho tem para oferecer desde paisagens magníficas, locais históricos passando pela rica gastronomia e belo artesanato, aproveitando para conhecer melhor o nosso vinho verde e adega onde dispomos de serviços de Enoturismo com visitas e provas de vinho. 
Dispomos de 4 suites, equipadas com cama de casal, casa de banho, aquecimento central, tvcabo, wifi. Dispomos ainda de camas extras, sofá-cama, perfazendo uma capacidade máxima de 12 pessoas (8 adultos e 4 crianças ou 9 adultos e 3 crianças). Dispomos ainda de berços para crianças com menos de 2 anos. 
No espaço exterior, dispomos de parque privativo, piscina, alpendre com cozinha bem equipada de uso exclusivo para o hóspede, sala de estar onde podemos proporcionar refeições (aviso prévio) e zona de lazer, barbecue, ping-pong, bilhar, matraquilhos e um jardim cheio de pequenos e deliciosos pormenores para descobrir durante a estadia. 
Quem nos visita pode ainda usufruir de actividades ao ar livre, como caminhadas aproveitando os trilhos do Caminho de Santiago pela Costa ou outros existentes na região, picnics, visitas à adega e vinha (aviso prévio/marcação) ou à nossa horta biológica.
Para os mais aventureiros, temos parcerias com empresas da região, de diversas actividades “Outdoor”, sendo possível mediante aviso prévio, realizar actividades como btt, paintball, canoagem, entre outras.

Casa da Reina
Caminho do Pardinheiro, 122 | 4935-592 Chafé
Tel: 258 351 882 | 962 893 944 | 925 001 161
E-mail: geral@casadareina.com
Site: www.casadareina.com
GPS: N 41º39.185 W 8º 47.203

 

Paço d'Anha

A Quinta do Paço d’Anha situa-se nas antigamente chamadas "Terras do Neiva" que ficam entre os rios Neiva e Lima e pertenciam ao rei D. João I, Mestre de Avis. Em 8 de Novembro de 1401, um filho natural do rei, D. Afonso, casa com D. Beatriz Pereira de Alvim (D. Brites), filha do Condestável D. Nuno Álvares Pereira e de D. Leonor Alvim, herdeira da casa mais opulenta do reino. Recebem, como presentes de noivado, de D. João I "as Terras de Neiva e de Darque" e de D. Nuno Álvares Pereira todo o condado de Barcelos. Em 1440, D. Afonso, sendo já 8º Conde de Barcelos, por cedência do sogro, foi feito 1º Duque de Bragança por D. João I e, por este motivo, as "Terras do Neiva e Darque" passam a integrar o património da Casa de Bragança. Ainda hoje se podem encontrar as armas do Duque de Bragança em três marcos colocados no interior da Quinta que serviam para a divisão das freguesias de Anha e de Darque.
Em 1503, o 4º Duque de Bragança, D. Jaime, casado com D. Leonor de Mendonça, dá em dote a Quinta de Anha e outros bens, por ocasião do casamento do servidor da casa ducal Vicente Ferreira com uma aia da Duquesa. Sendo estes, antepassados dos actuais proprietários, assim entra a quinta na família que a mantém até aos dias de hoje, ao longo de treze gerações.
Em 1580 dá-se a crise sucessória e D. António Prior do Crato, em fuga das tropas espanholas, vem acolher-se no Norte, primeiro em Aveiro, depois no Porto, mais tarde em Barcelos, onde a sua escolta se dispersa, e finalmente em Viana. No Minho se demora vários meses, com grande apoio popular e da aristocracia, em cujos solares se esconde, passando as casas a ser chamadas respeitosamente “Paço”. Entre os quais o de Anha, cujo dono, o abastado comerciante de Viana, António Gonçalves Cabeças, amigo e grande defensor do Rei D. António, não só o acolhe como o acompanha no exílio. No regresso a Portugal, traz Miguel de Agorreta, um fidalgo oriundo do País Basco, que vem a casar com a sua filha Maria Ferreira. Até hoje, o apelido Agorreta figura entre os dos donos do Paço d’Anha.
Desde há muito que o Vinho Verde branco Paço d’Anha é altamente apreciado por especialistas e consumidores dedicados. Compreende-se que assim seja, já que a exposição da Quinta é a de uma suave encosta na margem esquerda do rio Lima, voltada a sul, o que origina vinhos únicos, com mais álcool e menos acidez; acresce a proximidade do mar, à vista no horizonte, que lhe confere um ligeiríssimo gosto salino e lhe aumenta a complexidade.
A partir dos anos 70 plantam-se as quatro castas típicas da sub-região do Lima: Loureiro, Trajadura, Pedernã e Azal branco, no novo modo de condução que é então a cruzeta. É desta reconversão de dez hectares de vinha que surge a famosa marca Paço d’Anha, apreciada e premiada em Portugal e no estrangeiro. Nos anos 2000 a vinha é substituída com novas formas de condução e apenas duas castas: Loureiro e Alvarinho, dando origem a um vinho com características mais suaves, embora conservando todo o seu carácter, passando a vitivinicultura a estar a cargo do credenciado enólogo Anselmo Mendes. É pela mão deste prestigiado enólogo e fruto da colaboração com os donos da quinta, que é relançada a marca Paço d’Anha que continua a honrar o Vinho Verde na sua mais nobre tradição. A quinta possui nove apartamentos para actividade turística localizados entre o solar, as vinhas e os jardins do Paço d’Anha, prontos a receber os visitantes que pretendam usufruir mais intensamente da atmosfera da quinta, uma mistura da ecologia do vale do Lima e da costa Vianense no ambiente de um solar do séc. XVII.

Paço d'Anha
Tel: 351 258 322 459
E-mail: geral@pacoanha.com

Paço d’Anha no youtube:
https://www.youtube.com/watch?v=ditbTUIRL9A

Solar de Merufe

A Quinta Solar de Merufe tem mais de 8 seculos de história ligada à cultura religiosa e à cultura da vinha e do vinho.
Até os nossos dias preservou a tradição do legado adaptando-se ao decorrer dos tempos. Desde há quatro décadas, o atual proprietário pela sua história de vida e consciente dos valores desta cultura ancestral, a paixão e do desejo de partilha da beleza e características da quinta e sua envolvente, procedeu a uma total restruturação das vinhas e readaptação de todos os espaços, criando condições para revelar os valores da terra.
Criamos assim, duma diversificação de produtos ligados ao vinho, e dos espaços para realizar eventos, abrir as portas da quinta e da adega a todos com sede de partilhar conhecimentos, e viver bons momentos em volta dos vinhos e gastronomia, e dos valores culturais a eles ligados nesta belíssima região.
O prémio BEST OF WINE TURISME atribuído ao Solar de Merufe, reforçou as convicções e abriu as portas ao enoturismo também internacional, reforçando o amor e paixão pelo nosso trabalho na produção de vinhos e produtos de caracter biológico, que se enquadram na nossa filosofia e valores morais de respeito pela saúde e harmonia com a natureza.
Cada visitante, é aqui acolhido e estimado para que se sinta como em sua casa. Com cada um, partilhamos e trocamos conhecimentos, criando momentos inesquecíveis muitos narrados no registo do livro de honra.

Solar de Merufe
O Solar de Merufe proporciona: Degustações, Iniciação à Prova, Almoços ou Jantares Vínicos, Percursos do Vinho Verde, Visitas às Vinhas e à Adega.
Quinta de Merufe, Avenida de Merufe, 1111 | 4905-608 Geraz do Lima (Santa Maria)
Tel: 258 731 525 | 966 125 666
Fax: 258 731 525
E-mail: solardemerufe@gmail.com
Site: www.solardemerufe.pt
Facebook: www.facebook.com/solar.merufe
GPS: N 41º42'6" W 8º41'18"

Solar do Louredo

O Solar do Louredo, incluído no projecto dos vinhos Armindo Fernandes, desenvolve a atividade do enoturismo aliado à produção de vinho preservando as castas autóctones, contribui para o ordenamento paisagístico e desenvolvimento da região.
O seu território dispõe de um conjunto de recursos naturais e culturais (materiais e imateriais) com significativo potencial turístico, sendo de salientar que alguns desses recursos constituem atrativos fortemente associados à identidade cultural de Geraz do Lima, como é o caso da produção de vinho através de todas as suas práticas culturais que atraem o interesse de quem nos visita, sendo possível, por exemplo:
• A experiência de acompanhar as vindimas, época com forte tradição,
• A visita em grupo à sua adega com prova de vinhos comentada e degustação de produtos locais,
• A visita a uma das videiras seculares, que constitui um património biológico raro.
• A visita às suas plantações, podendo observar o estado fenológico da videira.
Pretendem evoluir e dinamizar a atividade do enoturismo através de um projeto de requalificação dos espaços habitacionais existentes nas suas propriedades do Solar da Videira e Solar do Louredo, permitindo assim o alojamento, ou seja pretende-se criar/melhorar estruturas de suporte ao turismo e assim desenvolver a oferta de alojamento assente em padrões de qualidade e sustentabilidade.
Solar de Louredo
Largo do Louredo, 59 | 4905-286 Geraz do Lima (Moreira)
Tel: 914915457
E-mail: geral@solardolouredo.com
Site: www.solardolouredo.pt
Facebook: www.facebook.com/solardolouredo.vinhos
GPS: N 41º43'8" W 8º40'24"