Página Inicial > Agenda Cultural > DESENCAMINHARTE...ao lugar

DESENCAMINHARTE - 2018 - Arte aplicada ao lugar

Em Viana do Castelo, a inauguração do DESENCAMINHARTE decorrerá no dia 11 de novembro, na Capela de Nossa Senhora do Crasto, Deocriste, às 12h00, com a presença do autor - Arquitecto João Mendes Ribeiro, (excecionalmente será celebrada missa na Capela N. Srª do Crasto às 11h00).

DESENCAMINHARTE é um programa que visa promover a criação artística no Alto Minho através de uma dinâmica em rede que estimule o reconhecimento da sua identidade. A edição de 2018, com programação a cargo do coletivo HODOS, centra-se no desenvolvimento de dispositivos que contribuem para a valorização do património cultural e natural da região. Dez autores relevantes no panorama artístico e arquitetónico contemporâneo, foram desafiados a intervir na paisagem singular de cada um dos dez municípios. A partir de uma leitura sensível e afetiva do lugar, estas obras serão construídas até ao final do ano, num diálogo aberto entre território, arte, cultura e população.

 

As inaugurações das obras da segunda edição do DESENCAMINHARTE (DES18) arrancam em novembro e prolongam-se até dezembro, nos dez municípios envolvidos neste programa. O projeto, promovido pela Comunidade Intermunicipal do Alto Minho (CIM Alto Minho) e programado pelo coletivo HODOS, visa fomentar a criação artística na região.
Dez autores relevantes no panorama artístico e arquitetónico contemporâneo foram desafiados a intervir na paisagem singular de cada um dos dez municípios no Alto Minho. A partir de uma leitura sensível e afetiva do lugar, estas obras vão ser construídas até ao final do ano, num diálogo aberto entre território, arte, cultura e população.
As inaugurações, que arrancam em novembro, vão ser o ponto de partida para apresentar as peças pensadas para cada um dos lugares escolhidos pelos Municípios.

HODOS é um coletivo constituído pelas equipas FAHR 021.3, depA e Still Urban Design, com o objetivo de valorizar os percursos pedestres em Portugal, afirmando-os como elementos de integração ou dissociação na paisagem. Através da identificação e tratamento de pontos de interesse nesses percursos, Hodos pretende reformular a experiência da caminhada com recurso à criação de peças de arte e arquitetura.

A edição de 2017 (DES’17) assentou num programa cultural e criativo, traduzido na brevidade do formato de festival que a desenhou. A edição de 2018 (DES’18), procura enraizar as sementes lançadas em 2017, desenvolver um projeto forte e coeso, explorando a vertente mais artística, permanente e funcional do Desencaminharte, numa aproximação a outros projetos europeus da mesma natureza, como a rota turística Nasjonaleturistveger (Noruega) ou o programa de arte pública Münster Skulptur Projekte (Alemanha).

À semelhança do ano anterior, o DESENCAMINHARTE é cofinanciado pelo programa Norte 2020 – Programa Operacional Regional do Norte.

Mais informações:
www.desencaminharte.altominho.pt
pressdes2018@gmail.com

Informações
Evento
a 11 de Novembro de 2018