Página Inicial > Agenda Cultural > Concerto...Scaramuccia

Concerto Música Antiga Ensemble Scaramuccia

Dia 24 de fevereiro, Concerto Música Antiga Ensemble Scaramuccia, a realizar na Igreja da Misericórdia de Viana do Castelo, às 21h30.
Apresentação de CD: "Antonio Lucio Vivaldi: Nuove Sonate"

Promotor: Academia de Música de Viana do Castelo e Fundação Átrio da Música | Escola Profissional de Música de Viana do Castelo e Câmara Municipal de Viana do Castelo
Apoio: Santa Casa da Misericórdia de Viana do Castelo

 

SCARAMUCCIA 
“Etwas Besseres kann einem Konzertpublikum nicht passieren” 
” Nada melhor pode acontecer a um público” 
Jens Wortmann, Kulturbüro Göttingen (Alemanha)

O ensemble Scaramuccia foi fundado em 2013 por iniciativa do violinista Javier Lupiáñez com a ambição de redescobrir o repertório barroco menos conhecido. O espírito de Scaramuccia deseja dar vida a todo esse repertório que se ouvia não só nos lugares mais requintados, mas também nas tavernas e ruas do período barroco. Na preparação de cada programa e concerto é feita uma pesquisa e estudo aprofundado afim de redescobrir aquelas relíquias musicais escondidas e perdidas entre a vasta literatura musical do barroco maioritariamente interpretada. 
Scaramuccia iniciou o seu trajeto no Fringe do Festival de Utrecht e no Fringe do Festival de Bruges em 2013 e desde então tem vindo a desenvolver uma intensa carreira nos Países Baixos, Bélgica, Reino Unido e Itália. Entre as várias apresentações em concerto de Scaramuccia é de salientar a participação no Festival de Artes de Maldon (Reino Unido), no Museu da Música “Vleeshuis” (BE), na temporada de concertos Kasteelconcerten (NL) Echi Lontani (IT), Internationaal Kamermusiek Festival Utrecht – Janine Jansen e Amigos, (NL) e também gravou para o emissora de rádio holandesa, Concertzender. O interesse em descobrir novo repertório barroco proporcionou a Scaramuccia a oportunidade de tocar em estreia mundial duas obras de Vivaldi numa emissão gravada ao vivo e transmitida em 2014 pela rádio holandesa Concertzender, no programa De Musyck Kamer. 
Em Novembro de 2015 Scaramuccia gravou o seu primeiro CD com a discográfica Ayros, dedicandoo à nova música de Vivaldi e obras recentemente descobertas para violino e baixo continuo. 
Em 2016 Scaramuccia foi premiado com o prémio do público que o elegeu como melhor ensemble do concurso internacional Göttinger Reihe Historischer Musik 2015/2016 (Alemanha).

Javier Lupiáñez, violino barroco e direção 
“the firmly eloquent violin of Javier Lupiáñez” GRAMOPHONE, March 2012 
“Francisco Javier Lupiáñez possède un jeu diabolique, quelque part entre Paganini et Méphistophélès. Son archet déploie tous les motifs de la séduction : rubatos enjôleurs, glissandos imperceptibles, rythmes ensorceleurs… Ces audaces esthétiques s’appuient sur une technique impeccable” Pierre-Carl Langlais, Qbuz 
“le violon virtuose et goûteux de Francisco Javier Lupiañez”, ODB-Opéra

Francisco Javier Lupiáñez Ruiz inicia os seus estudos musicais na sua cidade natal, Melilla (Espanha). Depois de muito estudar consegue uma grande coleção de diplomas e graduações: violino moderno; Mestrado em Musicologia; graduação como professor de educação musical. Terminou o seu Mestrado com “distinção” em violino barroco, com Enrico Gatti no Conservatório Real de Haia, por ter descoberto novas obras de Vivaldi. 
Apresenta-se regularmente como solista e líder de diferentes grupos e orquestras tais como: Orquestra Barroca de Salamanca, Academia Barroca Europeia de Ambronay, Academia Montis Regalis, entre outras. Orgulha-se de ter partilhado o palco com artistas como Frans Brüggen, Sigiswald Kuijken, Amandine Beyer, Olivia Centurioni, Enrico Onofri, Enrico Gatti, Peter Van Heyghen, Inés Salinas e tantas outras pessoas maravilhosas. É membro fundador do ensemble Les Esprits Animaux, sendo a sua programação e conceito de concerto apreciada por críticos e público. Javier desenvolve uma intensa carreira com Música de Câmara com diferentes grupos por todo o Mundo. Toca regularmente em Espanha, Portugal, França, Itália, Alemanha, Japão, Estados Unidos, Reino Unido e Países Baixos e gravou para Harmonia Mundi, Ayros, France Musique, Musiq3, Concertzender e Radio Klara. Javier toca num instrumento construído por Verbeek em 1682, pertencente e cedido pela Fundação Holandesa de Instrumentos Musicais.

Inés Salinas, Violoncelo barroco 
Nascida em 1985 em Zaragoza (Espanha), Inés é especializada na interpretação histórica do violoncelo e da viola da gamba. 
Atualmente a residir em Haia, Países Baixos, é fundadora dos grupos Scaramuccia, Duo Graziani e La Máquina del Tiempo. Possui a licenciatura e mestrado concluídos no Conservatório Real de Haia, onde estudou sob a orientação de Jaap ter Linden e Lucia Swarts (violoncelo histórico) e Mieneke van der Velden (viola da gamba). Também recebeu orientação de Gaetano Nasillo, Hidemi Suzuki, Itziar Atutxa, Enrico Gatti e Olivia Centurioni, entre outros... Concluiu a Licenciatura em violoncelo clássico no Conservatório Superior de Música de Aragón em Zaragoza (Espanha) tendo estudado com Ángel Luis Quintana, Cuarteto Casals e Cuarteto Quiroga. Inés é uma apreciadora devota da música Italiana do meio do barroco em especial da música Napoletana, tendo dedicado a sua tese de mestrado ao repertório Napoletano para violoncelo do principio do século XVIII, um tópico que continua a explorar. Tocou com diversas orquestras como por exemplo: BrittenPears Baroque Orchestra (UK); Orquestra Barroca Conde Duque (ES); e I Giovani della Montis Regalis 2013 (IT)

Patrícia Vintém, cravo

Cravista portuguesa, descobriu o gosto pela música aos 7 anos, iniciando os seus estudos no violino e mais tarde no cravo em Viana do Castelo na Fundação Átrio da Música. A paixão e ambição de aprofundar os seus conhecimentos no âmbito da Música Antiga fê-la iniciar um percurso musical que a levou a concluiu em 2009, na Escola Superior de Música de Lisboa, a Licenciatura em Cravo com a Professora Ana Mafalda Castro; em 2013, no Conservatório Real de Haia (Países Baixos), a Licenciatura e em 2015 o Mestrado em Música Antiga (Cravo) sob a orientação de Jacques Ogg e Fabio Bonizzoni. 
Como fundadora do laureado ensemble Les Esprits Animaux e Duo Vintém & Lupiáñez e membro do ensemble Scaramuccia, tem vindo a desenvolver uma intensa carreira profissional em diversos festivais e salas de concerto por toda a Europa e Japão. Já conta com três CD’s na sua discografia enquanto músico dos ensembles referidos. Teve ainda oportunidade de gravar para rádios internacionais tais como: com France Musique (FR), Radio Klara,Musiq3 (B) e Concertzender Nederlands (NL).

 

Informações
Evento
a 24 de Fevereiro de 2017 às 21h30
Igreja da Misericórdia de Viana do Castelo
Rua da Bandeira
4900 Viana do Castelo